Skatista Rony Gomes relembra desafios na carreira e projeta conquista de título no X Games: "É um sonho de criança"


Profissional já foi campeão de diversos torneios, mas ainda
não levantou a taça de uma das competições mais tradicionais da modalidade

 

É muito comum vermos nas ruas crianças se aventurando em
cima de um skate e fazendo manobras nos parques e nas praças, mas assim como
qualquer outro esporte no Brasil, o skate também tem seus desafios para quem
está iniciando.

Imaginar uma carreira e viver disso é algo que passa longe
da realidade de muitos esportistas do país, que sabem que terão um árduo
caminho pela frente se quiserem se tornar referências na modalidade.

No entanto, nesses casos o importante é sempre começar. Não
importa se seu skate é improvisado e você não tem acesso a uma pista daquelas
profissionais, é justamente o contrário, é de muitos lugares assim que saíram
os principais nomes do esporte no mundo todo.

Sobre isso, o SportBuzz conversou com
exclusividade com o skatista
profissional
Rony Gomes, que relembrou seu início de carreira na pista
que ficava perto da Anchieta, as comparações com o astro Bob Burnquist e seus
desejos para o futuro. Confira:

Tudo começou na rua do bairro residencial que Rony morou
quando criança. O skatista contou que como tinha bastante liberdade para
brincar fora de casa, ele e os amigos sempre estavam jogando bola, andando de
bicicleta e um certo dia um deles apareceu com um skate e foi como amor a
primeira manobra.

"Como a gente era muito novo, aos finais de semana
nossos pais levavam a gente para algumas pistas e uma vez a gente conheceu uma
pista que era no começo da Anchieta onde tinha bastante rampa e eu acho que aí
foi onde eu meio que vi que tinha um caminho a ser seguido que eu podia seguir
uma carreira de repente virar uma skatista porque nessa pista à noite andavam
alguns skatistas profissionais e o skate de transição, de rampa foi o que mais
chamou atenção por a galera poder voar poder enfim sair da rampa e voltar, um
negócio que me deixou bem impressionado, então aos poucos eu comecei a focar
mais ainda no skate mesmo", disse.

Junto com o interesse pelo esporte veio a
responsabilidade. Rony sabia que para atingir seu objetivo maior teria
que se esforçar e por conta disso passou a ficar horas treinando manobras e
novos jeitos de andar de skate na pista.

"Meu pai começou além de final de semana depois que eu
ia pra escola durante a semana, meu pai me levava até a pista, me deixava lá e
me buscava à noite, então eu comecei a evoluir cada vez mais e aos poucos
conforme você vai frequentando essas pistas, você começa a descobrir
campeonatinhos amadores aí começa ir pessoal lá pra tirar foto, começa a filmar
aí você começa aparecer na mídia ainda pequeno como um futuro né do
esporte", contou.

Depois de tanto esforço, o momento da decisão chegou e Rony precisava
escolher entre se aventurar no mundo do skate como profissional ou deixar a
modalidade apenas como um hobby.

"Quando chegou a época de optar por ser skatista
profissional ou seguir carreira em alguma outra opção, eu já estava formado já
tinha é alguns patrocinadores muito bons foi o que me fez seguir carreira aí no
esporte", lembrou.

Ainda na pista onde tudo começou, Rony contou que
passou a ser comparado com um dos maiores
skatistas de todos os tempos,
BobBurnquist.

O jeito como andava e até mesmo o seu corte de cabelo
lembravam o craque, mas apesar de se sentir honrado com as comparações, ele
sabia que chegaria o momento em que teria que encontrar a sua própria
personalidade.

"Eu acho que na época até me incentivava assim né
porque eu ia pra pista pequenininho ‘É o menino que parece o Bob e manda umas
manobras e tal’, Então acabava me puxando por causa disso, mas chegou uma fase
que eu tive que mostrar realmente quem eu era e a minha personalidade, as
minhas manobras então eu acho que conforme eu fui crescendo e conforme eu fui
mostrando meu skate, a galera meio que viu que ‘Ah não é mais o Rony que é
parecido com o Bob, é o Rony mesmo e ele mostrou para que ele veio e tudo que
ele vem fazendo’ então foi bem legal essa fase aí mas, foi muito foi muito
legal também essa transição onde eu pude mostrar que eu era de verdade", contou.

Em sua carreira até aqui, Rony Gomes já conquistou diversos
títulos importantes,
 sendo campeão mundial em 2009 e brasileiro em
2008. No entanto, apesar de ter a sala de troféus cheia, o skatista ainda tem
sonhos para realizar.

"Ainda não foi campeão de nenhum X Games, é um sonho de
criança. Quando eu comecei a andar de skate, que eu tava ali no meu sofá, eu
assisti o pessoal competir nos games e achava realmente muito legal então acho
que um dos meus sonhos é talvez um dia conquistar uma X Games", revelou.

Porém, o desejo de carreira do esportista não fica apenas em
cima do skate. Rony contou que pretende investir para levar o skate
para outras crianças e mostrar como o esporte pode mudar a vida de alguém.


"Hoje em dia já estou um pouco mais velho, também já
vivi bastante coisas, é tentar levar o skate para outras crianças, tentar
mostrar um caminho para essa molecada que está vindo agora entendeu, se você
souber fazer as escolhas certas, dá para viver super bem do skate, enfim seguir
carreira com isso né então acho que um dos meus sonhos hoje em dia também
formar outros atletas", disse.

Além de destacar a importância da dedicação, dos patrocínios
e do incentivo para que sonhos se tornem realidade, Rony ainda
reforçou que antes de tudo isso, é muito importante ser uma pessoa humilde e
honesta, caminho seguido por ele e que abriu diversas portas na carreira.

"Meu pai na época me ensinou muito a ser responsável,
humilde, honesto, então quando você for andar de skate tem que ser isso
entendeu tem que levar em conta a parceria com os amigos, enfim ajudar o outro,
eu acho que você sendo um cara legal, um cara gente fina, você só tende a
crescer no esporte só tem de aprender mais manobras só tem de andar em mais
lugares, então é difícil falar de mim mesmo, mas pô, eu vou em vários lugares
no mundo inteiro, sou super bem recebido pelas pessoas das melhores formas
possíveis, então essa é uma dica que eu dou aí pra galera, ser humilde ser
responsável e atrás dos seus sem passar por cima de ninguém", finalizou.









































 



GALERIA

Respiramos duas Rodas

• Copyright (c) 2021 • All rights reserved • Under your spell DP •