COPA DO MUNDO DE DOWNHILL 2021 ROUND #1 - TROY BROSNAN E CAMILA BALANCHE TRIUNFAM


Em prova dura, com condições mudando e muitas valas a
precisão falou mais alto

 

A lista de Leogang tem se tornado um dos pontos fortes do
calendários, várias vezes sendo chamada de muito fácil ou muito “Bikepark”,
desde o ano passado a pista se tornou mais natural e dura, principalmente na
chuva como vimos no Campeonato Mundial 2020 de MTB Downhill.



Esse ano as mesmas condições se repetiram durante os treinos, mas o sol deu as
caras para as finais, secando a parte superior e tornando a lama da temida
seção das árvores em uma mata chefia de barro grudento e valas profundas. Um
desafio extra que fez várias vítimas.



A pista é dividida em quatro partes majoritárias, o topo natural em pasto
aberto, com off cambeis e um treco do tocos com raízes de assustar; a seção de
alta velocidade e grandes saltos conhecida como highway; o trecho da mata que é
extremamente inclinado, de solo frágil e inúmeras raízes e o trecho final, todo
cascalhado com grandes saltos para o público.

 

Downhill - Elite Feminino

Para a corrida da elite feminina a pista já apresentava
pontos mais secos, com até certos pontos de poeira, mas a seção da mata ainda
apresentava raízes molhadas, piso com barro grudento e temidas valas.



Essas valas fizeram vários vítimas durante a prova, incluíndo grandes nomes
como Mirian Nicole, ou mesmo Tahnee Seagreva que lutou para conseguir fluir
nesse seção e ainda garantiu o quinto lugar no podium.



Cabirou e Hrastnik também sofreram na mata, ambas vinham com bons tempos na
parte superior da pista, mas não conseguiram manter a boa condição até o final,
fechando na terceira e segunda colocações respectivamente.

A grande favorita, Vali Holl, que também havia conseguido o
melhor tempo no qualify, acabou vendo suas esperanças de uma vitória expressiva
com um tombo na penúltima última curva da pista. Uma pequena escorregada da
roda dianteira viu a sua vantagem de maus de 3 segundos se tornar em pouco mais
de 1 segundo de desvantagem para a atual Campeã Mundial, nada mal para sua
primeira participação na Copa do Mundo como Elite.

Camile Balanche conquistou o título de Campeã Mundial nessa
mesma pista em 2020 em uma das corridas mais difíceis da história. A chuva,
lama, valas e as inúmeras raízes foram um grande desafio ano passado e
igualmente nesse ano. A francesa fez uma volta limpa, passando toda a mata sem
ao menos desclipar os pés dos pedais e esse comprometimento se pagou com uma
bela vitória.



Resultado Downhill - Elite Feminino

1- Camille Balanche - Dorval AM Commencal - 4:07.850

2- Vali Holl - Rockshox Trek Race Team - 4:09.262

3- Monika Hrastnik - Dorval AM Commencal - 4:09.321

4- Marine Cabirou - Scott Downhill Factory - 4:13.728

5- Tahnee Seagrave - Canyon Collective FMD - 4:16.530

 

Downhill - Elite Masculino

Grandes nomes não resistiram ao trecho da floresta, Aaron
Gwin foi um deles, com uma performance notável no topo e uma com sua bike
visivelmente mais rápida lhe conferindo uma crescente vantagem no trecho da
highway , o americano não conseguiu manter a tradição de excelentes
performances na pista de Leogang, terminando a prova apenas em vigésimo
segundo.

Nomes como Loic Bruni, Greg Minnaar, Gee Atherton entre
outros tiverem o mesmo destino, andando bem no topo e se atrapalhando na mata.



Já Joris Vergier vinha muito forte na largada, mas na seção dos tocos ele teve
um pneu furado em sua Trek Session, ainda vai levar certo tempo a ele se
acostumar com o equipamento novo, visto que mudou tudo, pneus, bike,
transmissão, freios, suspensões e até o fornecedor der seu uniforme com a sua
mudança de equipe saindo da Santa Cruz para a Trek.



Um nome que todos tinham grandes expectativas era Brook Macdonald, após seu
grave lesão na coluna no mundial de 2019 ele volta com a mesma postura de
ataque na pista, mas teve certo azar, perdendo a frente em um tombo bobo na
penúltima curva da pista austríaca, no mesmo lugar de Vali Holl.



Benoit Coulanges foi um dos últimos a descer, depois de um qualify fortíssimo,
fez uma descida limpa, mas faltou um pouco de agressividade na mata e de
controle na highway para fazer um tempo ainda melhor, assim fechando o dia em
quinto.



Recce Wilson, o atual campeão mundial fez uma descida muito forte, composta e
no controle, fazendo um topo até um pouco conservador e dominando a temida
seção das árvores com mestria, conquistando a segunda melhor parcial nesse
seção e garantindo seu quarto lugar do podium.



Amaury Pierron fez uma descida fantástica, andando muito
forte em todas as seções e assumindo riscos, como entrar saltando nas raízes da
seção da mata. O risco valeu a pena e ele ficou no Hot Seat por muito tempo,
até ser desbancado pelo seu companheiro de equipe, Thibault Daprela.



Daprela foi incrivelmente agressivo em toda a sua descida Sendo um dos
discípulos do lendário Nicolas Vouilloz, não poupou nada e usou cada centímetro
da pista ao seu favor fazendo uma estonteante prova que levou o público a
loucura e ele ao segundo lugar do dia.



Para fechar, o melhor tempo no qualify de ontem, Troy Brosnan. Conhecido como
“O Senhor Consistência” por sua enorme lista de podiuns, principalmente em
segundo lugar, ele enfim desencantou e consegui uma vitória, fato que ele não
consumava desde 2017.



























Sua descida foi incrivelmente limpa e controlada. Ele até
chegou a perder cerca de 1 segundo no final do trecho da highway visto seu peso
pena de meros 65 kg, mas quando entrou na mata o pouco peso o ajudou a fluir
como ninguém nessa seção e abrir vantagem para Daprela.



O pequeno Troy cruzou a linha e encontro seus concorrentes e o público em festa
com sua vitória. A equipe Canyon Collective invadiu a pista e a festa tomou
conta.



Resultado Downhill - Elite Masculino

1- Troy Brosnan - Canyon Collective factory Team - 3:26.019

2- Thibault Daprela - Commencal/Muc Off - 3:27.254

3- Amaury Pierron - Commencal/Muc Off - 3:27.497

4- Recce Wilson - Trek Factory Team - 3:27.917

5- Benoit Coulanges - Dorval AM Commencal - 3:28.253



Confira o resultado completo no site da UCI.



No domingo tem mais Copa do Mundo de MTB aqui no Pedal.com.br, acompanhem a
cobertura da prova de Cross Country Olímpico.



GALERIA

Respiramos duas Rodas

• Copyright (c) 2021 • All rights reserved • Under your spell DP •